quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Transtornos de humor!

Refere-se a um estado emocional persistente e não apenas e expressão externa, ou afeto, de um estado emocional transitório.

São síndromes, pois consistem em um conjunto de sinais e sintomas que persistem por semanas ou meses, representando um desvio marcante do desempenho habitual do indivíduo e que tende a recorrer de forma periódica ou cíclica.

O humor pode estar ELEVADO, demonstrando expansividade, fuga de ideias, redução do sono, elevada auto estima e idéias grandiosas ou DEPRIMIDO, com perda de energia e de interesse, sentimentos de culpa, dificuldade de concentração, perda ou aumento de apetite, pensamentos de morte ou suicídio.

Os transtornos de humor são basicamente, depressão maior ou unipolar; transtorno de humor bipolar I e II, transtorno distimico ou distimia e  transtorno ciclotímico. Existem outros mais inespecificos. Transtorno de ansiedade não são transtornos de humor.
Transtorno de personalidade antissocial!

Pessoas com esse transtorno têm um padrão global de desconsideração e de violação dos direitos alheios que ocorre a partir dos 15 anos. O diagnóstico não é realizado antes dos 18 anos e são necessárias evidências de transtorno de conduta na infância.

Tais pessoas não parecem ter consciência ou remorso das suas ações. Repetem atos ilegais diversas vezes, mentem de forma quase compulsiva, são impulsivas e facilmente irritáveis.

Geralmente se envolvem em brigas e demonstram desrespeito irresponsável pela segurança dos outros. São sistematicamente irresponsáveis.

São pessoas envolventes, sedutoras, manipuladoras e frias emocionalmente. Fazem tudo em benefício próprio para alcançarem seus objetivos individualistas.

O prognóstico é extremamente fechado e o tratamento tem pouquíssima ou nenhuma eficácia. A abordagem pode ser tanto farmacológica quanto psicoterápica de preferência em ação conjunta. A grande questão é que geralmente não há motivação pessoal para o tratamento, dificultando ainda mais  a possibilidade de melhora do quadro.